Catálogo:

    Classificação:

    Categoria: Personalidades - estátuas e bustos
    Tipologia: Monolito
    Natureza: Artística
    Tipo: Escultura
    Material: Monolitico de concreto revestido de azulejo

Dados do Monumento

  • Nome: Ao Barão de Taunay
    Data de Inauguração: Ago/1928
    Autor: Curzio Zani
    Fundição/Atelier:
    Propriedade: Pública
    Tombamento: Tombamento Federal pelo processo 0762-T-65, inscrito no livro Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico inscrição 042
    Ano (tombamento): 1967


    Descrição:

    O monumento está  incluído nessa relação devido o convênio de Gestão Compartilhada do Parque Nacional da Tijuca entre a Prefeitura do Rio de Janeiro e o IBAMA desde 22 de março de 2001.

    Homenagem ao Barão de Taunay, antigo morador do lugar, 

    Na face fronteira à cascata, sob um retrato de Taunay, em cor azul, lê-se: “Félix Emilio Taunay (1795 – 1881)”. Decorada com azulejaria contendo desenhos e textos em homenagem a Taunay. Não sabemos a origem dos azulejos. Danificado após a revolução de 1930, foi restaurada por Castro Maya durante sua gestão e foram localizadas fotografias que registram alterações na sua base.

    Leia mais: http://ashistoriasdosmonumentosdorio.blogspot.com.br/2015/04/os-paineis-de-azulejos-e-os-mosaicos-da.html



     

     


    Biografia:

    Félix Émile Taunay nasceu em Montmorency em 1 de março de 1795 e morreu no Rio de Janeiro em 10 de abril d 1881. Foi pintor, professor de desenho e pintura na Academia Imperial de Belas Artes. 


    * Fontes dos dados (ver bibliografia)

Sua Localização

Endereço: Lg da Cascatinha - Setor Floresta da Tijuca - Parque Nacional da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
Ampliar o mapa

Mais Fotos

  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Foto histórica - 1928
    Revista da Semana


Quem sou eu

Vera Dias Sou natural da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro e nasci em 1956. Meus primeiros passos rumo à formação profissional ocorreram em 1974, ao me matricular no curso Técnico de Edificações do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca. Daí segui para a formação de arquiteta, me graduando em 1981 pelas Faculdades Integradas Silva e Souza. Em 1988, ao terminar a pós-graduação em Urbanismo na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), me candidatei a uma das 150 vagas abertas no primeiro concurso públ...


Leia mais