Catálogo: Francisco Freire Alemão

 Home Catálogo /Francisco Freire Alemão

    Classificação:

    Categoria: Personalidades - estátuas e bustos
    Tipologia: Efigie
    Natureza: Artística
    Tipo: Monolito
    Material: Peça em bronze com monolito revestida de pedra são tomé

Dados do Monumento

  • Nome: Francisco Freire Alemão
    Data de Inauguração: Jul/1967
    Autor: Miguel Pastor
    Fundição/Atelier:
    Propriedade: Pública
    Tombamento:
    Ano (tombamento):


    Descrição:

    Foi inaugurado em 1967, foi deslocado do local original para a abertura de uma rua, dividindo a praça.  Devido a um acidente automobilisco foi transferido o depósito em  2013 e reinstalado em  2015.

    Monumento com dois  blocos revestidos nos quais estão fixadas uma placa de bronze com a identificação e no outro lado a efígie do homenageado. Foi transferido para o depósito devido a um acidente automobilístico,
    Em outubro de 2017 a placa em bronze com a efigie de Freire Alemão foi furtada.

    Biografia:

    Francisco Freire Alemão e Cisneironasceu em 24 de junho de 1797,  filho de lavradores da região da Serra do Mendanha, nascido na Fazenda do Mendanha morreu em 11 de novembro de 1874. Foi um médico e botânico.  


    * Fontes dos dados (ver bibliografia)

Sua Localização

Endereço: Pç. Francisco Barbosa - Campo Grande - Rio de Janeiro - RJ
Ampliar o mapa

Mais Fotos

  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Foto detalhe
    Vera Dias
  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Foto frontal
    Vera Dias


Quem sou eu

Vera Dias Sou natural da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro e nasci em 1956. Meus primeiros passos rumo à formação profissional ocorreram em 1974, ao me matricular no curso Técnico de Edificações do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca. Daí segui para a formação de arquiteta, me graduando em 1981 pelas Faculdades Integradas Silva e Souza. Em 1988, ao terminar a pós-graduação em Urbanismo na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), me candidatei a uma das 150 vagas abertas no primeiro concurso públ...


Leia mais