Catálogo: Painel dos Direitos Humanos em Copacabana

 Home Catálogo /Painel dos Direitos Humanos em Copacabana

    Classificação:

    Categoria: Obras públicas
    Tipologia: Painel
    Natureza: Artística
    Tipo: Mosaico
    Material: Mosaico de azulejos

Dados do Monumento

  • Nome: Painel dos Direitos Humanos em Copacabana
    Data de Inauguração: Dez/2002
    Autor: Francoise Schein
    Fundição/Atelier:
    Propriedade: Pública
    Tombamento:
    Ano (tombamento):


    Descrição:

    Projeto da artista belga Françoise Schein, com participação da arquiteta  Laura Taves, Talya Kahn e dos moradores do bairro. 

    O painel, medindo aproximadamente 200 metros quadrados, apresenta o mapa da praia de Copacabana juntamente com três personagens. A senhora negra representando a força dos trabalhadores brasileiros;  um rapaz lutador de capoeira, simbolizando o povo e os costumes negros no Brasil e uma menina que representa o futuro e a esperança de um povo que desde sua colonização, ainda no século XXI, é tratado com grandes injustiças. Escrito à mão  constam  artigos dos Direitos Humanos   e uma poesia de Arnaldo Antunes. Um segundo painel, adjacente, relaciona projetos similares existentes em outras cidades. Paris, Bruxelas, Lisboa, Estocolmo, Haifa, Berlim e Rio de Janeiro.

    Leia mais: http://ashistoriasdosmonumentosdorio.blogspot.com.br/2015/04/os-paineis-de-azulejos-e-os-mosaicos-da.html


    Biografia:
    * Fontes dos dados (ver bibliografia)

Sua Localização

Endereço: Rua Tonelero - Copacabana - Rio de Janeiro - RJ
Ampliar o mapa

Mais Fotos

  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Foto detalhe
    Vera Dias
  • Foto frontal
    Vera Dias


Quem sou eu

Vera Dias Sou natural da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro e nasci em 1956. Meus primeiros passos rumo à formação profissional ocorreram em 1974, ao me matricular no curso Técnico de Edificações do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca. Daí segui para a formação de arquiteta, me graduando em 1981 pelas Faculdades Integradas Silva e Souza. Em 1988, ao terminar a pós-graduação em Urbanismo na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), me candidatei a uma das 150 vagas abertas no primeiro concurso públ...


Leia mais