Catálogo: A União

 Home Catálogo /A União

    Classificação:

    Categoria: Esculturas
    Tipologia: Escultura
    Natureza: Artística
    Tipo: Escultura
    Material: Peça e pedestal em ferro fundido

Dados do Monumento

  • Nome: A União
    Data de Inauguração: Jan/1863
    Autor: Mathurin Moreau
    Fundição/Atelier: Val d'Osne
    Propriedade: Pública
    Tombamento: Tombado pelo Município pelo Decreto 19.011/2000.
    Ano (tombamento): 2000


    Descrição:

    Peça neoclássica que personifica os ideais valorizados pela filosofia Positivista de Auguste Comte,.

    Um atraso na confecão e entrega fez com que as estátuas fossem instaladas em 1863, um ano após a inauguração da praça. Na reforma de 1949/50 as estátuas foram transferida para o Campo de São Cristóvão permanecendo até os anos de 1980,  quando do ínicio das obras da abertura da Linha Vermelha foram recolhidas no depósito da Fundação Parques e Jardins, permanecendo até 1992 quando foram novamente transferidas para o recém criado Parque Noronha Santos.  No ano de  1999, para valorizar o acervo das peças das fundições francesas no Rio de Janeiro, foi montada uma exposição na Praça Nossa Senhora da Paz, quando foram transferida temporariamente.  Finalmente em 2005, com o Projeto Monumenta Praça Tiradentes, a escultura retornou ao seu lugar de origem. 

    Leia mais: http://ashistoriasdosmonumentosdorio.blogspot.com.br/2014/08/a-presenca-das-fundicoes-francesas-do.html


    Biografia:
      Mathurin Moreau nasceu em Dijon em 18 de Novembro de 1822 , morreu em Paris em 14 de Fevereiro de 1912 , é um escultor francês, conhecido por suas esculturas decorativas. Mathurin Moreau é o filho do escultor Jean-Baptiste Moreau . Seus irmãos Hippolyte e Auguste também são escultores. Ele foi internado às École des Beaux-Arts em Paris , em 1841, nos estúdios de Jules Ramey e Auguste Dumont . Ele venceu a segunda Prix de Rome em 1842 com Diodemus remover o Palladium. Começa no Salão de Artistas Franceses em 1848 e sai com a estátua Elegy. Ele obteve uma medalha de segunda classe na Exposição Universal de 1855 em Paris, em seguida, uma medalha de primeira classe em 1878. Em 1897, durante sua última aparição no Salão, ele é coroado por uma medalha de honra. Entre 1849-1879, Mathurin Moreau trabalha com a arte da fundição Val dOsne e tornou-se um diretor, mas também fornece modelos para a Companhia bronzes Bruxelas, e expostos à União Central de aplicada à indústria na década de 1880 belas artes. Em 1880, o artista recebe um prêmio no concurso para a construção de um monumento alegórico de La Defense, em Paris rotunda Courbevoie , mas é Louis-Ernest Barrias que atribuiu ordem. De 1879 até sua morte, Mathurin Moreau foi eleito prefeito do bairro 19 de Paris, onde a avenida Mathurin Moreau anteriormente Priestley Street, é nomeado de acordo com o decreto de 16 de Julho de 1912. Como assistente, ele celebrou muitos casamentos lá. Ele morreu em Paris 19 de 14 fevereiro de 1912, em sua casa, passando Montenegro, 15. Seu funeral realizado na igreja de Saint-Jean-Baptiste de Belleville e está enterrado no cemitério de lilás . Ele foi nomeado Cavaleiro da Legião de Honra em 1865 e promovido a Diretor da mesma ordem em 1885. Como parte de sua colaboração com fundições de Val dOsne, Moreau produziu uma centena de modelos de objetos de decoração e séries de estátuas. Eles aparecem no catálogo de oficinas . Há lustres e candelabros, fontes e estátuas (urnas, Fidelity, União, Crepúsculo, Amanhecer ...), alargamentos, estátuas religiosas (Saint-Pierre, Saint-Joseph Ange ...) e Virgens (Virgens de Roma, Virgem de Lourdes, Virgem Imaculada ...), monumentos funerários. Estas obras de arte são comuns em muitas cidades da França (especialmente os candelabros ou fontes), mas também na América Latina, onde Moreau é um escultor francês que foi o mais popular: é assim Tacna , no Peru, Valparaíso , Buenos Aires , Salvador de Bahia .

    * Fontes dos dados (ver bibliografia)

Sua Localização

Endereço: Pç. Tiradentes - Centro - Rio de Janeiro - RJ
Ampliar o mapa

Mais Fotos

  • Foto frontal
    Vera Dias
  • Catalogo
    Catalogo das Fundições Val d'Osne
  • Catalogo
    Catalogo das Fundições Val d


Quem sou eu

Vera Dias Sou natural da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro e nasci em 1956. Meus primeiros passos rumo à formação profissional ocorreram em 1974, ao me matricular no curso Técnico de Edificações do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca. Daí segui para a formação de arquiteta, me graduando em 1981 pelas Faculdades Integradas Silva e Souza. Em 1988, ao terminar a pós-graduação em Urbanismo na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), me candidatei a uma das 150 vagas abertas no primeiro concurso públ...


Leia mais